Fonte CEPEA

Carregando cotações...

Ver cotações

Influenza Aviária

Influenza aviária: laboratórios de diagnóstico em Iowa fortalecem resposta ao vírus H5N1

Influenza aviária: laboratórios de diagnóstico em Iowa fortalecem resposta ao vírus H5N1

Em meio a um surto de H5N1 que impacta as indústrias avícolas e de laticínios em Iowa, os laboratórios de diagnóstico veterinário em Ames estão desempenhando um papel crucial na resposta rápida e eficaz à influenza aviária.

Durante um evento na World Pork Expo em Des Moines, em 6 de junho, o secretário de Agricultura de Iowa, Mike Naig, destacou a importância dos laboratórios de Ames na gestão recente do vírus H5N1, que afetou mais de 4 milhões de galinhas no condado de Sioux, 100 mil perus no condado de Cherokee e um rebanho leiteiro comercial no condado de O’Brien.

Os laboratórios em questão são o Laboratório de Diagnóstico Veterinário (VDL) da Universidade Estadual de Iowa (ISU) e o Laboratório Nacional de Serviços Veterinários (NVSL), afiliado ao Serviço de Inspeção de Saúde Animal e Vegetal do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Naig destacou a capacidade desses laboratórios de fornecer resultados de testes de diagnóstico com rapidez, um fator essencial para conter a propagação de doenças.

A presidente da ISU, Wendy Wintersteen, sublinhou os avanços no VDL desde sua fundação em 1976. Atualmente, o laboratório realiza 1,6 milhão de testes anuais, com resultados frequentemente disponíveis em menos de 24 horas.

“Os resultados rápidos são fundamentais para a implementação de medidas de controle”, disse Naig. Ele enfatizou a eficiência dos laboratórios, que permitem que as amostras sejam analisadas e os resultados disponibilizados rapidamente, minimizando o tempo de resposta durante um surto.

A presença de dois laboratórios de ponta em Ames coloca Iowa em uma posição privilegiada, não apenas no controle de doenças familiares como a gripe aviária altamente patogênica, mas também na pesquisa e compreensão de novas ameaças à saúde animal. A recente detecção do H5N1 em bovinos leiteiros, algo inédito até este ano, exemplifica a liderança de Iowa no campo da saúde animal.

“A expertise concentrada em Ames é incomparável”, afirmou Naig. “Ter esses laboratórios em nossa comunidade é uma grande vantagem para Iowa.”

Fonte: Watt Poultry