Fonte CEPEA

Carregando cotações...

Ver cotações

Grãos

Grãos registram alta na Bolsa de Chicago

Grãos registram alta na Bolsa de Chicago

Os preços dos contratos futuros de milho para julho estão sendo negociados a US$ 4,680 por bushel, apresentando uma alta de 1,19%. A valorização é uma resposta às condições climáticas, após uma semana de estabilidade no mercado.

Segundo a consultoria Agrifatto, a queda nas vendas de milho norte-americano, divulgada em 16 de maio, e as condições favoráveis ao plantio nos Estados Unidos influenciaram os movimentos de preço observados na última semana.

O trigo abriu a sessão com um aumento de 3,53%, com contratos para julho cotados a US$ 6,9575 por bushel. A safra russa continua a gerar preocupação, com previsões menores de produção devido às baixas temperaturas, estimando-se uma produção de 85 milhões de toneladas, 4 milhões de toneladas a menos que o esperado anteriormente.

Soja

Para a soja, os contratos com vencimento em julho estão cotados a US$ 12,3175 por bushel, um aumento de 0,53%. As condições climáticas são o principal fator para essa variação.

Enquanto há um sentimento positivo sobre a produção, incertezas quanto à demanda, especialmente nos Estados Unidos, podem causar desvalorização nos próximos dias. No Rio Grande do Sul, há preocupação com possíveis perdas na safra, apesar do relatório da Emater-RS de 16 de maio ter mostrado um avanço de sete pontos percentuais na colheita, alcançando 85% da área colhida. Contudo, a qualidade dos grãos está comprometida.

A consultoria Agrifatto também destaca a valorização dos derivados da soja e do petróleo WTI como fatores influentes para os preços do grão.